Acontece na Visão

2021: mais um ano em que foi preciso se reinventar

A+ A- Baixar
PDF

Os desafios existem e existirão sempre. Há épocas de mares agitados e outras de águas mais calmas. Infelizmente, desde o surgimento da pandemia de covid-19, o mundo tem convivido com uma série de dificuldades que representam um grande teste de resistência e superação. O que parecia ter sido ultrapassado em sua pior fase no ano de 2020 voltou, com ainda mais força, em 2021. Situações como essas são imprevisíveis e altamente perturbadoras em todos os aspectos: na economia, nos investimentos, na saúde, no lazer, no convívio familiar, em nossos planos futuros…

Para entender como foi o ano de 2021 para a Visão Prev, conversamos com o presidente da entidade, Marcelo Pezzutto, que reforçou sua postura logo no começo da entrevista: “Tenho sempre a certeza de que esses anos mais duros são também os que nos fortalecem e encorajam a descobrir novos caminhos, alternativas e oportunidades”. E foi o que o time da Visão Prev fez em 2021. Acompanhe:

No final de 2020, as perspectivas eram de um ano novo mais tranquilo, porém essas expectativas acabaram não se concretizando. Como isso ocorreu?

De fato, a realidade se mostrou muito diferente do esperado, principalmente no âmbito econômico. Ninguém de mercado, nenhum gestor ou analista, imaginava o que aconteceu em 2021. A inflação foi o principal fator de desestabilização que gerou uma alteração profunda em outros aspectos econômicos. Esse processo inflacionário é global e ocorre principalmente por uma forte ruptura no fluxo de matérias-primas e nas cadeias produtivas como um todo.

No Brasil, começamos o ano com a taxa Selic em 2% e previsão inflacionária entre 4% e 4,5%, mas a inflação acelerou muito e terminamos com IPCA acumulado de 10,06% e Selic em 9,25%. Isso desestruturou a lógica traçada para os investimentos, tanto na renda fixa quanto na renda variável.

Como a Visão Prev enfrentou esse cenário?

Em 2020, já tínhamos feito algumas revisões nas Políticas de Investimentos dos perfis, com redução da exposição em títulos públicos indexados à inflação com prazo de até 5 anos (IMA-B 5) e com prazo igual ou superior a 5 anos (IMA-B 5+), visando proteger o patrimônio e melhorar nossos retornos. Essa decisão acabou nos ajudando em meio aos impactos da pandemia.

Em 2021, remontamos a exposição aos IMA-B e buscamos investimentos com maior perspectiva de rentabilidade, sobretudo no mercado de crédito, com debêntures e FIDCs (Fundos de Direitos Creditórios). Mesmo assim, como comentei, o cenário teve uma virada muito desfavorável e impactou nossos resultados em 2021.

 

Sem querer reduzir as consequências de desempenhos abaixo das expectativas, é preciso destacar que nos movimentamos de forma consistente, com ajustes que minimizaram impactos ainda maiores sobre as carteiras como aconteceu em quase todo o mercado que registrou perdas muito elevadas. É também o momento de lembrarmos que os investimentos em previdência complementar devem ser analisados sob uma perspectiva de longo prazo. Ou seja, não podemos desprezar a foto de 2021, mas temos que considerar o filme completo em nossas avaliações como vemos na tabela a seguir:

Você poderia explicar melhor esses movimentos para mitigar riscos e aprimorar os retornos?

Além das mudanças nas alocações que já citei, fizemos outros ajustes importantes. Entre eles, está a mudança de nossa infraestrutura de gestão das carteiras de investimento. Antes, cada perfil possuía suas alocações nos diferentes papéis e, quando havia movimentação de participantes, era preciso vender títulos de um perfil e comprar no outro. Agora, criamos carteiras específicas por tipo de papel e, sempre que necessário, fazemos vendas de cotas, gerando uma redução interessante de custos de gestão, que se reflete na rentabilidade, e simplificando o processo de migração de recursos.

 

Outra iniciativa foi a revisão de nossa gestão de multimercados. Por se tratar de um segmento muito diversificado e complexo, resolvemos contratar um consultor para que tenhamos mais expertise e melhor análise de risco e performance em nossas tomadas de decisão.

 

Ou seja, não fomos espectadores diante do cenário adverso, buscamos um forte protagonismo para enfrentar as graves oscilações de 2021, desenvolvendo soluções em todas as pontas para reduzir perdas e desenhar uma posição mais segura para os próximos anos. Afinal, vale lembrar que 2022 será um ano eleitoral, o que costuma ser sinônimo de grandes flutuações nos mercados.

Apesar da complexidade dessa situação, quais foram as principais conquistas e realizações da Visão Prev em 2021?

Continuamos com o trabalho em home office quase o ano todo e voltamos com um modelo híbrido apenas em novembro. Mesmo assim, asseguramos o pleno funcionamento da entidade, pagamos todos os benefícios, registramos todas as arrecadações e nossos processos seguiram seu fluxo normal.  

 

Além disso, trouxemos novidades como o novo sistema do Programa de Empréstimos, muito mais simples e fácil de usar, o lançamento do Prev.4U, nosso programa de cashback que está entre os primeiros do mercado, e do nosso Blog, uma ferramenta de comunicação mais ágil e dinâmica.

 

Outra frente importante, e que devemos ampliar em 2022, é a prestação de serviços para nossos participantes como fizemos com a criação dos programas Meu Momento e Terapia do Bolso que ajudam no planejamento da aposentadoria e no equilíbrio financeiro. Investimos também na ampliação do diálogo por meio de lives para públicos específicos, esclarecendo temas de seu interesse, e no atendimento por videochamada que oferece várias possibilidades de interação.

Por falar em públicos específicos, avançamos em nossas ações de respeito à diversidade com a criação de nosso Comitê que possui quatro focos de atuação: Gênero, LGBTQIA+, PcD (Pessoas com Deficiência) e Raça. Com esse olhar mais atento, lançamos em outubro o atendimento em Libras para participantes com deficiência auditiva.

Em termos de processos internos e gestão, quais foram os avanços?

É uma grande alegria registrar nossa recertificação de conformidade com a norma ISO 27001, de segurança da informação, e 9001, de processos. Isso garante que operamos de forma segura, eficiente e transparente. Outro avanço nesse sentido foi a criação da área de Compliance que irá acompanhar nossas atividades e riscos, com uma especialista que é também a DPO (“Data Protection Officer”) da entidade e cuida da conformidade da Visão Prev à Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

 

Mais uma conquista que merece registro é que a Visão Prev foi uma das nove entidades de previdência complementar de todo o país a receber o Selo de Engajamento Profissional Abrapp 2021, ficando em primeiro lugar na Categoria Médio Porte. Um aspecto muito relevante foi que nossos colaboradores indicaram, na pesquisa, que conhecem nossa Missão, Visão e Valores e conseguem entender como seu trabalho contribui para a consecução desses princípios organizacionais.

 

Vale ainda destacar os resultados de nossa Pesquisa de Satisfação junto aos participantes que, apesar das dificuldades enfrentadas no ano, inclusive com reflexos sobre as rentabilidades, reiteraram a confiança que depositam na Visão Prev, o que só aumenta nossa responsabilidade e compromisso com a melhoria contínua de tudo o que fazemos.

Em relação ao Mais Visão, como foi o desempenho do plano em seu primeiro ano?

O Mais Visão está sendo realmente um sucesso. Já alcançamos a marca de R$ 10 milhões de patrimônio, o que representa quatro vezes mais do que tínhamos previsto em nosso plano de negócios para esse primeiro ano!

É um público novo para nós, com características e demandas diferentes, e estamos aprendendo a lidar com suas expectativas e necessidades. Estamos inclusive trabalhando em algumas mudanças no Regulamento que deverão tornar o plano ainda mais atrativo.

E o que esperar de 2022?

Como já disse, por se tratar de um ano eleitoral, sabemos que deverá ser um período turbulento em termos políticos com consequências sobre a economia e o mercado financeiro. Do ponto de vista dos investimentos, estamos preparados para proteger ao máximo as carteiras e, ao mesmo tempo, aproveitar eventuais oportunidades que possam surgir.

Além disso, vamos aprofundar o relacionamento com os participantes nas frentes que já temos aberto – prestação de serviços e maior proximidade – e pretendemos aperfeiçoar as ferramentas de acesso à entidade, com novidades no site e no aplicativo. Nosso compromisso é sermos sempre melhores, seja navegando em águas tranquilas ou mais turbulentas.

Quer saber mais sobre tudo o que aconteceu na Visão Prev em 2021?

Então, clique aqui.

fevereiro de 2022

Deixe um comentário

Ou acesse com:




AllEscort