Receber novidades

Visão de Vida

Alongamento no home office: mais saúde, mais produtividade!

A+ A- Baixar
PDF

Sabia que 41% das pessoas começaram a sentir dores na coluna desde o isolamento social da covid-19? Pensando nisso, preparamos um post para falar da importância do alongamento no home office. Afinal, isso impacta tanto na saúde, quanto na produtividade.

Segundo a Fiocruz, 27% na população passou a ter esse “incômodo” durante a quarentena. Em paralelo, 50% dos brasileiros sentiram que suas dores crônicas ficaram ainda piores. E isso acontece por postura inadequada, falta de atividades físicas, tarefas domésticas e mais.

Então, para abordar a relevância do alongamento no home office, nada melhor do que falar com um especialista, não é mesmo? Logo, vamos começar com as dicas práticas do fisioterapeuta Rafael Martins, da Clínica de Fisioterapia Stabilitá.

Como o alongamento no home office traz mais saúde e produtividade?

De acordo com o fisioterapeuta Rafael, o alongamento no home office funciona como um aquecimento. Ou seja, é um tipo de preparação que nos mostra qual é o “limite” da mobilidade articular.

Uma maneira fácil de entender isso é observar o que acontece com os animais. Por exemplo, o gato acorda, se espreguiça e faz movimentos amplos. Com isso, ele mostra para o corpo dele “aquilo que precisa ser feito”.

Em outras palavras, o ato de alongar é importante para que o corpo funcione bem. A partir do estado de relaxamento da fibra muscular, trabalhamos a funcionalidade dos membros. Dessa maneira, podemos considerar com uma espécie de preparo para o home office ou ainda para a atividade física.  

Sendo assim, o alongamento que é feito de forma adequada pode trazer muitos benefícios. Desde a melhoria do rendimento profissional, até a redução das dores em diversas regiões, como:

  • lombar;
  • ombros;
  • mãos;
  • pernas;
  • articulações;
  • dorso da coluna;
  • parte torácica;
  • costas.

E qual é a relação dos hábitos diários com o alongamento no home office?

Antes de mais nada, vale lembrar que vários aspectos influenciam na nossa saúde. Portanto, junto com os exercícios de alongamento, é preciso atentar para os hábitos ligados à alimentação, ritmo de trabalho e daí em diante.
Por falar nisso, preparamos um infográfico que mostra essa relação na prática:

Mais 3 dicas que são aliadas do alongamento no home office

O fisioterapeuta Rafael já demonstrou no vídeo os exercícios de alongamento no home office, certo? A seguir, ele nos traz mais 3 recomendações que contribuem para o trabalho remoto, mas não se limitam a isso.

A propósito, são dicas que também podem ser aplicadas por quem se aposentou e quer ter um envelhecimento saudável. No fim das contas, a ideia é viver bem por muitos e muitos anos. Então, sem mais delongas, vamos lá!

1. Entenda que o alongamento sozinho não faz verão

O ditado popular diz que “uma andorinha só não faz verão”. Nessa linha, também vale considerar que o alongamento sozinho definitivamente não faz verão. Para exemplificar, se você não tem a cervical estabilizada, a sua postura está intimamente ligada a isso.

Logo, outros pilares fundamentais são:

  • boa flexibilidade, mobilidade, força muscular e, também, estabilidade;
  • consciência e percepção do movimento, para compreender os “sinais” do corpo;
  • questões multifatoriais, que envolvem a parte hormonal, bioquímica e biomecânica;
  • impactos emocionais trazidos pelas medidas de isolamento social por mais de 1 ano;
  • alimentação balanceada, hidratação regular e, ainda, qualidade do sono.

2. Busque alternativas para aliviar a tensão e o estresse

Juntamente com o alongamento, invista em outras estratégias para aliviar a tensão e o estresse. Por exemplo, vale pensar nos momentos em que temos a produção de endorfina e serotonina. Assim como outras substâncias fisiológicas que promovem o bem-estar.

Nesse sentido, é importante:

  • praticar atividades físicas regularmente (e com segurança), mesmo estando em casa;
  • alternar as posturas no decorrer da jornada, lembrando de mudar de posição a cada 20 ou 30 minutos;
  • fazer pequenas pausas ao longo do dia: levantar, andar um pouco, pegar um copo d’água etc.;
  • adequar a altura do assento de modo que a lombar fique encostada. Além disso, os joelhos ficam na posição de 90º graus, bem como os pés devem estar apoiados;
  • conciliar as atividades de lazer com as medidas de biossegurança, para servir como uma válvula de escape;
  • apostar em um hobby pensando no próprio bem-estar. No caso, alguns exemplos são: ler um livro, ver uma série, fazer artesanato, cuidar das plantas e afins.

3. Considere outros fatores que impactam no trabalho remoto

Para finalizar, esses são outros aspectos que influenciam direta ou indiretamente no home office. E, consequentemente, na rotina de alongamento:

  • no inverno, as dores crônicas tendem a piorar. Isso porque a musculatura se contrai mais, a fim de manter o corpo aquecido. E, além dessa influência da temperatura, também existe a relação com a umidade do ar;
  • a mobília costuma ser vista como uma grande vilã. Entretanto, se a pessoa não optar por corrigir a própria postura, uma boa cadeira ergonômica não fará nenhum milagre;
  • por uma questão de “conforto”, é comum pensar em trabalhar no sofá ou na cama. Porém, essa atitude é inadequada do ponto de vista ergonômico. Durante 1 dia ou 1 semana de home office, isso até pode passar desapercebido. Mas é algo muito comprometedor para quem está há mais de 1 ano trabalhando em casa;
  • considerando a fisiologia adequada, o alongamento é indicado para todas as pessoas e faixas etárias. Contudo, as exceções se aplicam às situações de pós-operatório ou mesmo para quem está com dores fortes na lombar, por exemplo;
  • para finalizar, lembre-se de buscar ajuda profissional se você começar a sentir dores. Aliás, a fisioterapia pode contribuir para muitos pontos, inclusive: fortalecimento muscular, prevenção de lesões e reabilitação.

Enfim, esperamos que você aproveite as dicas de alongamento no home office para ter mais saúde e produtividade.

Por sinal, consulte outros conteúdos do Blog e do YouTube da Visão Prev para investir na qualidade de vida. Hoje e sempre! 

julho de 2021

Deixe um comentário

Ou acesse com:




Preencha seu e-mail
e receba novidades!

Fique por dentro das tendências
ligadas à independência financeira,
qualidade de vida e muito mais!

Enviado com sucesso